Resolvi falar sobre o que estuda a psicologia. Quando eu digo que faço investigação em psicologia, as pessoas parecem sempre um pouco confusas, especialmente os meus amigos da biologia / química / física / etc. Os psicólogos não usam bata branca e nos nossos laboratórios não existem pipetas, soluções químicas e microscópios. Então, o que é que nós estudamos? E como é que o fazemos?

 

O que estuda a psicologia?

Bem, a psicologia estuda a mente humana, o nosso comportamento, os nossos pensamentos e as nossas emoções. Os psicólogos podem explorar coisas como a forma como as nossas mentes se desenvolvem ao longo das nossas vidas, como interagimos uns com os outros, como reagimos ao que acontece conosco (como por exemplo, as nossas respostas corporais, o que pensamos e como nos sentimos quando testemunhamos um acidente), a forma como percebemos o mundo, como tomamos decisões e até como pensamos sobre o nosso próprio pensamento (também chamado de meta-cognição).

Podemos estudar como esses processos funcionam, as suas disrupções ou como essas disrupções ocorrem. Podemos concentrar-nos nos indivíduos, em díades (duas pessoas) ou grupos. Podemos estudar crianças ou idosos (psicologia do desenvolvimento). Podemos estudar pessoas saudáveis ​​e pessoas doentes.

Existe investigação fundamental (principalmente em laboratórios), onde tentamos isolar variáveis ​​para compreender melhor os processos (por exemplo, variamos o tempo que damos às pessoas para fazer um exame e observamos seu desempenho). E existe investigação aplicada, que pode acontecer em escolas, organizações, hospitais, etc.

Também podemos usar métodos diferentes para responder às nossas perguntas. Podemos perguntar às pessoas (por exemplo, podemos perguntar-lhe quanto gostam de gelados), podemos medir a resposta a estímulos (por exemplo, podemos mostrar um gelado e medir a resposta dos músculos faciais ou a salivação). Podemos observar como as pessoas se comportam em grupo e medir, por exemplo, quantas vezes cada pessoa fala, etc., etc. E com esse tipo de método, tentamos entender pouco a pouco o que está a acontecer na “cabeça” das pessoas, o que elas estão a pensar, como eles estão a sentir-se e a comportar-se.

Assim, mesmo que os nossos laboratórios sejam um pouco diferentes, fazemos a mesma coisa que outros cientistas: fazemos perguntas, tentamos descobrir uma maneira de responder a essas perguntas, experimentamos e tentamos tirar algumas conclusões (ou nenhuma conclusão). A única coisa que muda é o nosso obejcto de estudo (i.e., aquilo que estudamos) em vez de serem células ou peixes, estudamos a mente humana.

Espero que tenhas ficado a compreender um pouco melhor o que estuda a psicologia. Se tiveres mais alguma dúvida ou curiosidade, diz-me nos comentários.

Podem ler mais sobre as várias áreas da psicologia neste post.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *